Startups portuguesas na final do programa Metro Accelerator

A terceira edição do programa Metro Accelerator for Retail powered by Techstars conta com a presença de duas startups portuguesas, Sensei e Sensefinity, que irão trabalhar em soluções promissoras para o retalho durante os próximos três meses

Startups portuguesas na final do programa Metro Accelerator

Na próxima fase do Metro Accelerator, startups de sete países diferentes do mundo irão trabalhar em soluções promissoras para o retalho, como por exemplo, robôs de entrega, novas tecnologias de navegação, sensores inteligentes, ferramentas digitais para evitar o desperdício de alimentos ou uma ligação mais “amiga do cliente” entre lojas offline e online. O programa internacional refinou propositadamente as soluções digitais para comerciantes e retalhistas independentes (B2B2C) – um grupo chave de clientes METRO.

Entre as startups apuradas encontram-se duas portuguesas, a Sensei e a Sensefinity. A atuação da Sensei está direcionada à captura e e análise de informação de retalho offline com a ajuda de dados de imagem existentes, enquanto a Sensefinity se foca em sensores inteligentes apoiados na Cloud, para monitorizar dados de produto e logística em toda a cadeia de fornecimento.

“Acreditamos que estas startups promissoras oferecem precisamente as soluções que traders e retalhistas offline necessitam para crescer também no mundo digital e ir ao encontro das necessidades dos seus clientes”, refere Andreas Wuerfel, diretor global Innovation Community Metro. “A rápida e progressiva digitalização do Retalho – incluindo pequenos e independentes traders – é um tema-chave para os mercados em todo o mundo. Com o nosso programa Accelerator, dirigimo-nos a esta questão no momento certo: algumas centenas de startups, de 24 países, em todo o mundo candidatam-se ao nosso programa. A Metro, a Real e a Techstars são vistas como especialistas e parceiras interessantes para startups”.

Durante três meses, as equipas irão receber o apoio intensivo de cerca de 100 mentores – todos os especialistas de retalho reconhecidos, bem como da Metro, da Real e da Techstars – de forma a escalar o seu modelo de negócio, assim como a obter até €120,000 em financiamento. A 5 de setembro, as equipas vão apresentar os seus resultados a investidores internacionais.

“Soluções como a inteligência artificial, a robótica e a Internet of Things representam o futuro dos tradicionais retalhistas offline e também para companhias multi-canal. Com o Accelerator, atraímos as startups mais interessantes no mercado e estamos agora a prepará-las para o mercado de investimento”, refere Alexander Hafner, Managing diretor Techstars for the Metro Accelerator for Retail. “A nossa grande rede de alunos da Techstars ajuda as equipas a abordar potenciais investidores”.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 8 Julho 2017

IT INSIGHT Nº 8 Julho 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!