Siemens junta-se a consórcio que pretende revolucionar mobilidade humana

O consórcio, liderado pela Câmara Municipal de Braga, prevê a implementação de um sistema de gestão de tráfego inovador, troços de piso inteligente, produção de energia pelo pavimento, entre outras soluções que prometem revolucionar a mobilidade dos cidadãos

Siemens junta-se a consórcio que pretende revolucionar mobilidade humana

O projeto BSmartMob enquadra-se na visão da Siemens de mobilidade integrada e transporte intermodal, alavancada pela digitalização, uma vez que ao implementar uma plataforma de gestão de mobilidade cidades como Braga ficarão capacitadas de ferramentas de supervisão e controlo da sua infraestrutura para poderem tomar decisões em tempo real e planear a mobilidade em prol dos seus cidadãos.

“Acreditamos que as soluções Siemens previstas no BSmartMob irão contribuir para a melhoria da circulação, o aumento da fluidez do tráfego e redução de congestionamentos na cidade”, afirma Manuel Nunes, diretor-geral da área de Mobilidade da Siemens Portugal.

O contributo da Siemens no BSmartMob passa pela implementação de uma plataforma de gestão de tráfego, modernização dos semáforos e dos sensores de tráfego, integração de soluções de priorização de transporte público e bicicletas, bem como pela implementação de novos modelos de engenharia de tráfego.

“São parcerias como estas que permitem modernizar as cidades e, em particular em Braga, acreditamos que podemos ser pioneiros com um projeto revolucionário em termos de mobilidade sustentável”, sublinha Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

Através deste projeto, pretende-se ainda aumentar a segurança rodoviária, disponibilizar informação aos utilizadores e melhorar a oferta de transportes públicos e meios de transporte alternativo e amigos do ambiente, como por exemplo bicicletas.

O consórcio composto pelo Município de Braga, pelo Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, a Universidade do Minho, o Centro de Computação Gráfica e pelas empresas Siemens, NOS, Sernis e UOU, submeteu o projeto "BSmartMob", à linha de apoio 'Urban Innovative Actions', com vista a um financiamento de 5 milhões de euros.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 10 Novembro 2017

IT INSIGHT Nº 10 Novembro 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!