Cisco anuncia soluções de rede inteligentes

A Cisco apresentou soluções de rede que se auto-adaptam às necessidades do negócio. Estas soluções consistem na criação de um sistema intuitivo que se antecipa às ações, detém as ciberameaças (incluindo as ocultas em tráfego cifrado) e continua a evoluir e a aprender

Cisco anuncia soluções de rede inteligentes

Desenhada para ajudar as organizações a superar desafios e a gerar novas oportunidades de negócio num mundo em que a conetividade e tecnologia distribuída são imparáveis, esta nova rede é o resultado de anos de I&D da Cisco. A sua nova solução tem como missão reinventar as redes para uma nova era onde se prevê que os engenheiros de rede tenham que gerir 1 milhão de dispositivos por hora em 2020, em comparação com as centenas de dispositivos que têm de gerir hoje.

“Nunca a rede foi tão crítica para o êxito dos negócios, nem esteve submetida a tantas solicitações como agora”, destaca Chuck Robbins, CEO da Cisco. “Ao construir uma rede mais intuitiva, estamos a criar uma plataforma inteligente com a máxima segurança para hoje e para o futuro, desenhada para fomentar a inovação dos negócios e gerar novas oportunidades para as organizações e para as pessoas em qualquer lugar”.

Atualmente, as organizações gerem as suas redes de acordo com processos de IT tradicionais que não se coadunam com os tempos modernos. A estratégia da Cisco consite em criar um sistema intuitivo que está constantemente a aprender, adaptando-se, automatizando e protegendo, com o fim de otimizar as operações de rede e defende os negócios face ao atual panorama de ameaças em constante alteração.
 
“A solução Cisco Encrypted Traffic Analytics resolve um problema de segurança de rede que se pensava ser irrecuperável”, refere David Goeckeler, vice-presidente sénior e diretor geral de Redes e Segurança na Cisco. “O Encrypted Traffic Analytics utiliza a inteligência perante ciber-ameaças da Cisco Talos para detetar ataques conhecidos, incluindo outros escondidos em tráfego cifrado, ajudando a garantir a segurança enquanto se mantém a privacidade”.

Como o maior do tráfego mundial de internet passa sob redes Cisco, a empresa aproveitou esta sua posição para capturar e analisar uma série de dados valiosos, proporcionando aos departamentos de TI o conhecimento necessário para evitar anomalias e antecipar quaisquer problemas em tempo real, sem comprometer a privacidade.

Com esta nova aproximação, a Cisco transforma a visão fundamental do networking. Através de um hardware redesenhado e de um software mais avançado. Esta mudança – de uma aproximação centrada no hardware a outra baseada no software – visa permitir que as organizações deem um salto exponencial em agilidade, produtividade e rendimento.

A nova solução permite interpretar os dados dentro do contexto, permitindo à rede oferecer um novo conhecimento. Não é apenas a informação que é importante, mas também o contexto que a rodeia – o quê, quem, como, onde e quando. A rede interpreta tudo isto, como forma de melhorar a segurança, facilitando experiências mais personalizadas e acelerando operações.

Além disso, o networking auto-adaptável permite aos departamentos de TI passar dos processos manuais tradicionais para uma automação baseada na necessidade de negócio, permitindo gerir milhões de dispositivos em minutos.
 

A Cisco Digital Network Architecture (DNA) oferece um portfólio integrado de hardware e software de última geração para converter a nova era do networking em realidade. A Cisco anuncia hoje uma suite de tecnologias e serviços da Cisco DNA que trabalham conjuntamente como um único sistema e permitem às organizações acelerar a sua transformação digital:

•    DNA Center: Quadro de comandos intuitivo e centralizado que permite aos departamentos de TI gerir a rede de maneira auto-adaptável em função das necessidades de negócio, incluindo o desenho, provisão, aplicação de políticas e manutenção. Com uma visibilidade completa e contexto de extremo a extremo, o DNA Center permite centralizar a gestão de todas as funções de rede.

•    Software-Defined Access (SD-Access): O SD-Access automatiza o reforço de políticas e a segmentação da rede sobre um único tecido para simplificar exponencialmente o acesso aos utilizadores, dispositivos e objetos. Ao automatizar tarefas quotidianas como configuração, provisão e resolução de problemas, o SD-Access reduz significativamente o tempo que se demora a adaptar a rede (de meses e semanas a horas), melhora a resolução de problemas e reduz drasticamente possíveis problemas de falhas de segurança.

As primeiras análises com clientes em testes de campo e estudos internos revelam que o SD-Access reduz os tempos de provisão da rede em 67%, melhora a resolução de problemas em 80%, minimiza possíveis problemas de falhas de segurança em 48% e reduz os gastos operacionais em 61%.

•    Network Data Platform and Assurance: Esta plataforma analítica categoriza e correlaciona a grande quantidade de dados que atravessam a rede, e utiliza machine learning para os converter em analítica preditiva, business intelligence e conhecimento útil proporcionado através do serviço DNA Center Assurance.

•    Encrypted Traffic Analytics: Atualmente, quase metade dos ciberataques aparecem ocultos em tráfego cifrado, e este número continua a aumentar. Ao utilizar a ciberinteligência da Cisco Talos e a funcionalidade machine learning para analisar os metadados e padrões de tráfego, a rede pode identificar os ataques conhecidos, mesmo os escondidos em tráfego cifrado e sem necessidade de os desencriptar.

•    Porfólio de switches Catalyst 9000: A Cisco anuncia uma nova família de switches construídos desde o início para a era digital, centrada nas novas procuras por mobilidade, Cloud, IoT e segurança. O Cisco Catalyst 9000 oferece  segurança, capacidade de programação e rendimento através de inovações de hardware (ASIC) e de software (sistema operativo (IOS XE).

•    Subscrição de software: A Cisco converte agora o modelo de licenciamento de software mediante subscrição numa parte essencial do portfólio de switches para campus. Ao adquirir a nova família de switches Catalyst 9000, os clientes têm à sua disposição as capacidades de software de DNA por subscrição, tanto através de suites de software Cisco ONE pré-integrados como através de componentes “a la carte”. Disponível em todo o portfólio Enterprise Networking, o software Cisco ONE oferece às organizações uma inovação contínua, investimento previsível e um modelo mais ágil de acesso à tecnologia.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 10 Novembro 2017

IT INSIGHT Nº 10 Novembro 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!