Como a Ericsson pretende transformar os negócios com o 5G

 A Ericsson abriu o Mobile World Congress 2017 com três importantes anúncios que contam com a participação de parceiros e clientes. Esses anúncios incluíram a evolução de rede para 5G, um novo modelo de negócio inovador entre proprietários de conteúdo e operadoras para fornecer media para as pessoas de forma mais conveniente e a transformação da indústria no setor de transporte.

Como a Ericsson pretende transformar os negócios com o 5G

Durante a apresentação para a imprensa e analistas de hoje, o Presidente e CEO da Ericsson Börje Ekholm realçou que "é necessário ter determinação e espírito de equipa para ter êxito na transformação digital". A Ericsson pretende "empurrar implacavelmente a fronteira da tecnologia" e questionar-se sobre como pode tornar os clientes ainda mais bem-sucedidos.

Temos um completo ecossistema de parceiros e clientes que nos escolheu para fornecer redes de elevado desempenho, soluções de media e modelos de negócios em setores como o de transportes”, acrescentou.

Após a apresentação de um conjunto de produtos e serviços 5G da Ericsson que serão lançados no mercado em 2017, Ekholm anunciou os novos testes de 5G New Radio (NR) em parceria com as empresas Qualcomm: NTT DoCoMo, Vodafone e Telstra Australia. “O 5G vai transformar todos os setores e os nossos clientes estão a preparar-se para o futuro através da evolução das suas redes 4G atuais. Essa é a base fundamental para permitir a automação e a transformação de negócios necessárias para a Internet das Coisas, bem como para serviços com elevado consumo de dados como a realidade virtual e realidade aumentada”.

 

Num recente estudo, a Ericsson prevê um mercado de 1,23 triliões de dólares em 2026 em 5G.  “Isso significa que as indústrias sabem o valor do 5G e queremos agarrar essa oportunidade”, disse Ekholm.

Andy Penn, CEO da Telstra, juntou-se a Ekholm no palco e declarou que o 5G foi um capacitador fundamental para serviços futuros, focando na nova solução de media anunciada em colaboração com a Ericsson. A Fox Innovation Lab. Hanno Basse, CTO da 20th Century Fox e Managinf Director da Fox Innovation Lab, também se juntou a Ekholm e Penn no palco e afirmou que a solução vai estabelecer a tendência do setor através do fornecimento de novos conteúdos aos assinantes de forma rápida e conveniente.

 

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 6 Março 2017

IT INSIGHT Nº 6 Março 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!