SAP quer colocar gestão de recursos humanos no centro do negócio

A SAP fez um balanço da adoção da solução de gestão de capital humano, SuccessFactors, em Portugal: mais de 340 empresas já adotaram a solução cloud, na qual a tecnológica pretende continuar a investir, com o objetivo de levar a transformação digital à gestão de recursos humanos.

SAP quer colocar gestão de recursos humanos no centro do negócio

Transformar digitalmente os processos de gestão de recursos humanos é o objetivo da SAP. A tecnológica revelou que a Success Factors, solução cloud de gestão de capital humano, ultrapassou em 2017 a marca das 340 empresas, em Portugal, e de mais de 300 mil utilizadores, que reflete um aumento de 75% em número de clientes. A solução de gestão de capital humano (Human Capital Management - HCM), adquirida pela SAP em 2012, é cem por cento cloud e comercializada de forma independente do ERP da SAP, acompanhando todo o ‘ciclo de vida’ do colaborador numa empresa. Do universo das mais de 340 empresas que adotaram a solução, 20% são exclusivamente clientes SuccessFactors. Entre as empresas que utilizam a solução está a Galp Energia, o Grupo Brisa, a RTP e a Sovena.

 

Inês Vaz Pereira, diretora de SAP SuccessFactors em Portugal.

A maioria das empresas que adotaram estas soluções são, no entanto, PMEs, com o cliente mais pequeno a ter 200 colaboradores e o maior 42 mil. Inês Vaz Pereira, diretora de SAP SuccessFactors em Portugal, sublinha “o crescimento sólido da solução nos últimos dois anos” e o “custo acessível e flexível”, devido ao modelo de venda por subscrição (SaaS).  

O objetivo da SAP é permitir que as empresas encontrem sem esforço os talentos certos e que envolvam os colaboradores em processos mais automatizados e transparentes. “É uma solução ajustada às pessoas e ‘viciada’ em KPIs”, sublinha a diretora da solução, já que esta entrega à gestão os indicadores de que esta necessita para melhor gerir pessoas e, assim, aumentar níveis de eficiência, produtividade e também de satisfação. “A SuccessFactors possibilita uma gestão proativa das pessoas, para que as empresas consigam ter a pessoa certa no sítio certo”.

Segundo Inês Vaz Pereira, as soluções Success Factors permitem obter um aumento da produtividade em 30%, quando existe fluxo completo entre todos os processos. “A solução olha de forma transversal para o capital humano, porque os processos não decorrem em silos. As pessoas estão verdadeiramente no centro da solução”.

O engagement dos colaboradores é um dos motivos que explica o sucesso da solução: segundo a SAP, registou-se nos últimos um aumento de 25% da utilização da solução em cenários de self-service, do lado dos colaboradores, e um aumento de 8% da parte dos gestores.

A SuccessFactors é comercializada por módulos (existem 15), sem que exista precedência entre eles – o cliente pode começar por adotar o módulo que pretender, não sendo obrigado a começar por um módulo específico. Em Portugal os dois módulos mais implementados são o de avaliação de desempenho, seguido do de recrutamento.  

No próximo ano a SAP vai continuar a melhorar a solução, em quatro áreas de investimento: machine learning (para sugestões mais preditivas), intelligent services (para maior capacidade de aprendizagem com os hábitos dos colaboradores), maior integração com os sistemas operativos da Apple (para melhorias ao nível da usabilidade dos módulos) e em modelos que proporcionem uma avaliação contínua.

Inês Vaz Pereira  realça ainda que existe um “roadmap evolutivo” para que a SuccessFactors seja compliant com o Regulamento Geral de Proteção de Dados.

A SAP anunciou ainda a criação da SuccessFactors Networking em Portugal, comunidade de clientes SucessFactors onde os RH de cada empresa têm a oportunidade de partilhar ideias e experiências.

Tags

RECOMENDADO PELOS LEITORES

REVISTA DIGITAL

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

IT INSIGHT Nº 11 Dezembro 2017

NEWSLETTER

Receba todas as novidades na sua caixa de correio!